HackatAgro lança desafio sobre segurança do trabalho no agronegócio

1 de novembro de 2022

Ideias disruptivas serão selecionadas e reconhecidas durante maratona de inovação, em novembro.

Uso de insumos, manuseio de máquinas, equipamentos de proteção e contato com animais estão entre os mais importantes riscos ocupacionais do dia a dia nas cadeias produtivas do agronegócio. Para encontrar soluções inovadoras para esses e outros temas, o HackatAgro – movimento que valoriza a digitalização do agronegócio brasileiro – lança um desafio para as mentes inovadoras brasileiras, abordando a segurança do trabalho no agronegócio.

“De 25 a 27 de novembro, por meio de um hackathon, maratona para o desenvolvimento de ideias inovadoras, queremos descobrir como a tecnologia pode auxiliar as empresas e os trabalhadores a enfrentar essa realidade, considerando boas práticas e o conceito de ESG, que engloba as responsabilidades ambiental, social e de governança”, afirma Donário Lopes de Almeida, idealizador do HackatAgro.

O hackathon é destinado principalmente a estudantes, empreendedores, startups e demais interessados no tema – sejam ou não ligados ao agronegócio. Durante o desafio, os participantes terão à disposição mentores para auxiliar nos debates e na elaboração dos projetos para apresentação. Além disso, não há restrição de idade, formação acadêmica ou local de residência. As inscrições poderão ser realizadas no site: https://www.hackatagro.com/desafio-seguranca-2022.

“Nesta edição, a terceira que realizamos no ano, contamos mais uma vez com o patrocínio do Banrisul. O Instituto Caldeira, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) do Rio Grande do Sul e a unidade Tito do Senac de São Paulo são nossos apoiadores nessa jornada, que visa beneficiar toda a cadeia de produção de alimentos”, comenta Alberto Meneghetti, CEO da Neodigital, agência que realiza o HackatAgro.

O desafio sobre segurança do trabalho no agronegócio terá formato híbrido, ou seja, será realizado virtual e presencialmente. A participação presencial será realizada no Instituto Caldeira, no Senac Tech, em Porto Alegre (RS), e no Senac Tito em São Paulo (SP). Após a avaliação das propostas por especialistas e representantes dos apoiadores, o resultado da maratona será anunciado no dia 8 de dezembro.

Sobre o HackatAgro
Desde o seu surgimento, em 2019, o HacktAgro contou com a parceria de importantes empresas, como Banrisul, Claro, BASF, New Holland, YARA, SLC, Amaggi, Unifértil, Husqvarna e várias entidades envolvidas no ecossistema da inovação. Neste período foram realizadas sete competições, mais de 350 horas de maratonas e houve mais de 1.500 empreendedores competindo. “O HackatAgro é muito mais que um hackathon. É geração de informação e de conteúdo inovador”, salienta Meneghetti.

Para mais informações, acesse:  www.hackatagro.com

últimas notícias

Lula e o agro

Lula e o agro

Dificilmente haverá retrocessos com a volta do petista, pois cadeias produtivas criaram dinâmicas menos dependentes do Estado Com a vitória de Lula, o que...

Agrotóxicos: chega de desinformação

Agrotóxicos: chega de desinformação

Por Xico Graziano Há um fato: no Brasil se utilizam alguns agrotóxicos impedidos na União Europeia. O que comprovaria um absurdo. Só que, ao contrário,...