Branded Content no Agro

Branded Content no Agro

A marca presente no que o seu público quer ver.

Por: Daniel Pauli, Diretor do Programa de Associados ABMRA

Os hábitos dos consumidores estão em constante mudança e nós, profissionais de comunicação, devemos conhecer e entender esses novos hábitos para conseguirmos adaptar nossas estratégias de comunicação e nos mantermos conectados a eles.

Há 40 anos, a grande massa só dispunha de meia dúzia de canais de TV aberta. Portanto, um comercial no horário nobre do Fantástico, por exemplo, destacava seu produto para o Brasil todo em apenas 30 segundos. Praticamente não havia distrações e a única tela disponível nos lares era a boa e velha TV de tubo, fazendo com que essa mídia tivesse o domínio e o poder.

Agora, provavelmente você está lendo esse artigo pelo celular, que é a principal tela para acesso a internet no país em 99,5% dos domicílios, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD IBGE 2021). Além de todos nós termos essa pequena telinha brilhante e poderosa, ainda possuímos um vasto cardápio de conteúdos para consumirmos, desde canais de streaming como Netflix, Amazon Prime, HBO Max, Disney Plus, Apple TV, uma imensidão de conteúdos disponíveis gratuitamente no Youtube, além de todas as redes sociais como Instagram, Facebook, LinkedIn, TikTok, o X (antigo Twitter) e agora o Threads. Se desligar o celular e ligar a TV, ainda há uma grande quantidade de canais pagos e gratuitos para todos os gostos.

Claro que é humanamente impossível acessar tudo ao mesmo tempo, portanto cada um tem suas preferências e faz suas escolhas, tendo alguns hábitos particulares, sendo mais adepto por uma ou outra rede social, maratonando uma determinada série que mais lhe interessa ou seguindo um canal ou influenciador que mais se conecta com seus gostos.

Porém, uma coisa é unânime no Brasil: o consumo de vídeo é destaque. Segundo o Inside Vídeo do Kantar IBOPE 2023, 99,6% dos brasileiros assistiram vídeos em 2022, demonstrando que essa preferência pelo conteúdo animado é imbatível.

O vídeo realmente atrai, encanta, emociona e prende os olhares e os corações das pessoas. Sua versatilidade, possibilidade de atravessar barreiras, levar o público a viajar por lugares desconhecidos, culturas diferentes, mergulhar em histórias reais ou imaginárias. Essa junção mágica do áudio com as imagens em movimento realmente é extremamente poderosa. Não é à toa que 68% de todo investimento publicitário foi destinado a essas produções, segundo o mesmo estudo da Kantar.

Dessa forma, já sabemos como fazer, mas o grande segredo aqui é o que fazer. A escolha do tema a ser trabalhado no vídeo é essencial para gerar a atração e preferência da audiência. E é aqui que conhecer os gostos e preferências do seu público fará a diferença. Saber sobre quais assuntos ele tem mais interesse e gosto será decisivo no sucesso do seu conteúdo em vídeo.

É através desta estratégia de apoiar ou produzir conteúdos relevantes ao seu público-alvo, conhecida como Branded Content, que grandes marcas ganham visibilidade, conectam-se e estão presentes no dia a dia deste público, conquistando sua simpatia. Tudo isso de forma natural, sutil e não invasiva como mais um anúncio tradicional que salta ao seu olhar ou do merchandising forçado. Marcas passam a ser consumidas junto a esses conteúdos de interesse e permanecem na mente e no coração do público.

Existem vários exemplos de sucesso no Agro, inclusive alguns premiados pela nossa Mostra de Comunicação ABMRA, como por exemplo:

  • O Legado (Basf) – Web série de 6 capítulos que em 2019 mostrou o dilema da sucessão familiar;
  • Quando Ouvi a Voz da Terra (Case, Corteva, Elanco, JBS, Kws) – Um documentário de 2021 que conta a história de Carmen Perez, uma produtora rural que, buscando melhorar a qualidade de vida das pessoas e dos animais, mudou os paradigmas da produção;
  • Receita Raiz (John Deere e Chevrolet) – Web série que teve sua 1ª temporada em 2022 com 12 capítulos, rodando o Brasil com a chefs de cozinha premiados para mostrar a origem dos ingredientes e resgatar receitas tradicionais regionais;
  • Tecnologia Viva (Canal Rural e Koppert) – Série que estreou essa semana com o tema da Agricultura sustentável e o uso dos bioinsumos.

Mas além do Branded Content, existem muitas outras estratégias de se trabalhar o conteúdo, as quais o diretor da ABMRA, Matheus Marinho, abordou em seu recente artigo Marketing de Conteúdo. Vale a leitura.

Bom, finalizo dizendo que vem mais por aí! E isso é extremamente importante no Branded Content: a continuidade. Ter uma sequência, uma jornada de conteúdos para que esse público acompanhe e se engaje. E sim, é possível fazer com que sua marca esteja presente e conectada ao seu público, mesmo nos momentos de entretenimento ou relaxamento e o Agro está cheio de boas histórias, bons temas e boas pautas para criarmos excelentes conteúdos criativos, relevantes e atraentes.

Fontes:

https://painel.ibge.gov.br/pnadc/

https://www.kantar.com/campaings/inside-video-2023