Iniciativa faz parte do Programa de Aplicação Responsável da empresa

Desenvolvido pela Dow AgroSciences em parceria com a Universidade Estadual Paulista (UNESP) de Botucatu, o Programa de Aplicação Responsável, um dos projetos de Boas Práticas Agrícolas da empresa, capacitará profissionais envolvidos com culturas de soja, milho e cana-de-açúcar em municípios de Mato Grosso do Sul e do interior de São Paulo.

Entre os dias 6 a 10 de junho, aplicadores, técnicos e outros envolvidos diariamente com o cultivo de soja e milho, serão capacitados em propriedades nas cidades de Dourados e Maracaju, em Mato Grosso do Sul. Já os treinamentos voltados à cultura de cana-de-açúcar acontecerão em usinas na região de Nipoã, Junqueirópolis, Araçatuba, Valparaíso, Nova Independência, em São Paulo.

“O objetivo principal do Programa de Aplicação Responsável é realizar ações de extensão para apresentar aos produtores rurais os conceitos de boas práticas na aplicação de defensivos agrícolas, além de conscientizar e incentivar a adoção destas iniciativas, a fim de otimizar recursos, reduzir o impacto no meio ambiente e prover maior sustentabilidade para o agronegócio”, comenta a coordenadora de Boas Práticas Agrícolas da Dow AgroSciences, Ana Cristina Pinheiro.

Durante os treinamentos práticos, todos os participantes têm contato com o Simulador de Deriva, equipamento desenvolvido pela Dow AgroSciences, em parceria com a UNESP, e que possibilita simular condições reais de vento e tamanhos de gota das aplicações. Dessa forma, é possível visualizar o efeito do uso de cada tipo de equipamento – ponta e pressão de trabalho, de acordo com a velocidade do vento no momento da aplicação.

Fonte: AI