A Rússia é um dos principais mercados para a carne bovina brasileira e parceiro comercial estratégico para a pecuária nacional, sendo também o quinto país no ranking dos maiores importadores em 2016.

A indústria brasileira embarcou mais de 138 mil toneladas de carne para o gigante euroasiático, o que resultou num faturamento acima de US$ 408 milhões. “Apesar do cenário geopolítico e econômico ainda incerto na Rússia, ela continua sendo um mercado muito importante para o Brasil. Por isso, a Prodexpo será essencial para conversarmos com nossos compradores e ter uma visão mais abrangente do mercado russo e também dos países do Leste Europeu para 2017”, afirma o presidente da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec), Antônio Jorge Camardelli.

Para promover e divulgar a carne bovina brasileira a associação, junto a sete frigoríficos, marca presença na Prodexpo, de 6 a 10 de fevereiro, em Moscou, na Rússia. A presença brasileira conta com apoio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil, Brasília/DF), parceira da ABIEC no projeto Brazilian Beef.

O evento reúne mais de 2 mil expositores de 57 nações e espera receber mais de 55 mil visitantes de 97 países.

Fonte: feed&food