Quer ser cotista da 8ª Pesquisa ABMRA?

8ª Pesquisa ABMRA

Hábitos do Produtor Rural

culturas agrícolas (grãos, perenes e hortifrúti)

animais (pecuária de corte e de leite, avicultura e suinocultura)

Estados entrevistados

produtores rurais

agricultores

criadores

perguntas

horas de entrevistas

A ABMRA sente-se orgulhosa em prestar esse serviço indispensável para o agronegócio brasileiro, colocando à disposição do mercado uma pesquisa ampla, atual e detalhada, como se fosse o ‘censo do IBGE’ dos produtores rurais. Reforço o convite para as empresas se tornarem cotistas da pesquisa e terem acesso a um conteúdo exclusivo e riquíssimo para análises de investimentos em comunicação e marketing”

A 8ª Pesquisa ABMRA Hábitos do Produtor Rural mostra, com exatidão, o que está na mente dos agricultores e criadores neste exato momento em que o Brasil e o mundo ainda são impactados pela pandemia do novo coronavírus. Importante para todos os agentes da cadeia da produção”

Um aperitivo do que está na
8ª Pesquisa ABMRA

Produtores rurais não sentem o impacto da pandemia e mantêm investimentos

64% dos produtores rurais sentiram baixo impacto da pandemia nos seus negócios. Por conta disso, 86% deles não fizeram qualquer mudança na administração de suas propriedades e 78% mantêm os planos de investimentos durante a crise sanitária. A pandemia tem impacto médio no campo para 11% dos produtores rurais e alto para 25% deles.

Avançam as ferramentas de comunicação no campo

94% dos produtores têm smartphone, contra 61% na pesquisa anterior, realizada em 2017. Outro ponto importante é a maior oferta de internet no meio rural, disponível para 91% dos produtores de animais e 88% para os agricultores. 57% dos entrevistados usam a rede 15 ou mais vezes por dia. Previsão do tempo e informação são os principais conteúdos buscados por agricultores e criadores.

Mídias digitais cada vez mais importantes

74% dos produtores usam a internet para se atualizar. O levantamento comprova a relevância do Whatsapp como meio de comunicação digital. Nada menos do que 76% dos produtores usam a plataforma para realizar negócios, o que é uma novidade. O Facebook continua sendo importante como rede social, porém não para fazer negócios, e o YouTube quase triplicou de importância em relação à pesquisa de 2017

Comunicação tradicional mantém relevância

Os produtores preferem a tv aberta, seguida por rádio, tv especializada, jornal e revista. Destaque à resiliência do meio rádio, que permanece muito importante no meio rural e também a confiança dos agricultores e criadores nas revistas e jornais. Um em cada quatro produtores participantes da pesquisa (26%) disse que “a revista é muito importante para me manter informado sobre o setor rural” e 30% destacaram que “jornais e revistas do agronegócio ajudam os profissionais do campo a inovar e aumentar os seus ganhos”

A Força da Mulher no Campo

A mulher ganha cada vez mais espaço no agronegócio, particularmente em postos de gestão e em determinadas atividades produtivas, representando 26% dos cargos de decisão e comando. Para 94% dos produtores rurais consultados, a mulher é vital ou muito importante no negócio rural.

Produtores aguardam volta dos eventos presenciais

O produtor rural continua preferindo os eventos técnicos e comerciais, porém aguardam com expectativa as edições presenciais: 39% dos agricultores e criadores foram a eventos presenciais antes da pandemia e que 58% deles pretendem ir no futuro.

O segredo da 8ª Pesquisa ABMRA

O cérebro da 8ª Pesquisa ABMRA é um software exclusivo, que possibilita dezenas de milhares de combinações de dados.
Com essa ferramenta, os usuários podem filtrar por atividade, localidade, meio de comunicação, perfil regional e vários outros indicadores.

Importante: A 8ª Pesquisa ABMRA Hábitos do Produtor Rural completa está disponível somente às empresas cotistas, que têm um produto único à disposição para aumentar, e muito, o êxito das suas estratégias de comunicação e marketing e para conhecer profundamente o mercado agropecuário, sob a ótica dos agricultores e dos criadores de animais.

Quer ser cotista da 8ª Pesquisa ABMRA?

Fale com a Viviane Romão pelo telefone (11) 94521-4027