Cerca de mil visitantes entre clientes e os principais parceiros distribuidores da região do Cerrado participaram das edições da Estação do Conhecimento Syngenta, que ocorreram, nas últimas semanas, em Rio Verde (GO), Lucas do Rio Verde e Deciolândia (MT). Durante os eventos, realizados em estruturas especialmente montadas para a ação, todos puderam aprofundar seu entendimento e trocar informações referentes ao portfólio da Syngenta voltado ao tratamento de sementes e proteção de cultivos para soja, milho e algodão.

Neste ano, a Syngenta também contou com a presença de grandes especialistas do campo: um time preparado para compartilhar os conhecimentos e as melhores práticas junto aos clientes e parceiros. Intitulados “Doutores da Produtividade”, os consultores Jurema Rattes, Lucas Navarini, Antônio Luiz Fancelli, Rui Furiatti, Paulo Assunção, Paulo De Grande, Fabiano Siqueri e Césio Brito interagiram, complementaram informações e tiraram dúvidas dos visitantes das edições da Estação do Conhecimento.

“A Estação do Conhecimento representa, além do momento de capacitação de 100% da força de vendas no campo – em uma etapa que antecede à abertura do evento aos clientes – um estratégico ponto de contato para que possamos expor nossas soluções para o aumento da produtividade ao público do Cerrado, que tem necessidades específicas e uma visão particular da agricultura”, afirma Eduardo Borin, Gerente de Campanhas da Unidade Cerrado da Syngenta. “Não apenas as propostas de nossas soluções integradas, mas também todo o formato da Estação do Conhecimento, que estimula o diálogo e a troca de informações com parceiros, conectam-se diretamente aos preceitos de nosso Plano de Agricultura Sustentável (The Good Growth Plan)”, completa.

As próximas edições da Estação do Conhecimento acontecem em Primavera do Leste (MT), Uberlândia (MG), Luis Eduardo Magalhães (BA) e Balsas (MA). “Temos a expectativa de receber ao total três mil clientes, representando mais de 6 milhões de hectares”, adianta Eduardo.