Os sistemas de embalagens anatômicas desenvolvidos pela Embrapa Agroindústria de Alimentos em conjunto com o Instituto Nacional de Tecnologia e o Instituto de Macromoléculas da UFRJ foram finalistas Diamond no Packaging Innovation Awards. O Prêmio reconhece inovações em design de embalagens, materiais, tecnologia e processos em toda a cadeia de valor de embalagens.

O pesquisador Antonio Gomes, um dos líderes do projeto, comemorou: “Fomos finalistas! Eles consideram os finalistas do prêmio Diamond como ganhadores ou winners também. Eu já me considero um privilegiado por ter chegado entre os finalistas. São muitas embalagens excelentes e inovadoras”.

As embalagens para manga, morango, caqui e mamão papaya foram projetadas para reduzir as injúrias nos frutos provocadas por empilhamento, choques e trepidações e para permitir a manutenção adequada da refrigeração das frutas, entre outras qualidades, que propiciam a redução de perdas.